Um museu com poesia

Hoje, 30 de Outubro, pelas 21h45m, na Sala do Capítulo, o Museu de Alberto Sampaio, em parceria com o Sindicato de Poesia, organiza um recital de poesia intitulado «mui alto e mui perflugente recital».

O Sindicato de Poesia decidiu agarrar em poemas do «Cancioneiro Geral de Garcia de Resende», – cancioneiro impresso em 1516 e que contém 880 composições de cerca de 300 escritores portugueses produzidas nas cortes de D. Afonso V, D. João II e D. Manuel I –, a que juntou poemas do século XX, música, dança e uma vihuela, e realizou um interessante recital de poesia.

Haverá seguramente uma simbiose perfeita entre a poesia e o espaço do museu. A não perder!

Pela primeira vez o Sindicato de Poesia vem ao Museu de Alberto Sampaio e, deseja-se que este seja um dos muitos recitais a realizar, no futuro, neste espaço.

1

Para mais informações:  Museu Alberto Sampaio| tel:253423910

Anúncios

0 Responses to “Um museu com poesia”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: